quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Suicide solution

Vejo que quase todos os meus ídolos de suicidaram ou morreram de overdose, que na minha opinião de alguma forma é suicídio, mas disso eu falarei em outro post.
Bom, essa madrugada morreu o ator australiano Heath Ledger, de "O Segredo de Brokeback Mountain", cujo corpo foi achado ao lado de vários comprimidos. Sempre achei muito perturbadoras e muito interessantes histórias de pessoas que se suicidam. Depois de ler 'Heavier than heaven', que para mim é a história de um rockstar mais legal de todas, entendi melhor não só a história do kurt, mas também um pouco da história dos suicidas, depois de ler o livro fiquei mais ou menos 30 minutos tentando digerir tudo o que eu tinha lido.
Queria muito entender o que passa pela cabeça de quem decide acabar com a vida. Numa tentativa de acabar com todo o sofrimento da vida e com todo o desespero de não conseguir resolver seus problemas e simplesmente achar que não tem mais forças para lutar.
O suicídio pode parecer uma solução imediata mas com todas as minhas crenças, acho que alguma hora essa 'solução' vai cobrar seu preço, e eu acho que é muito caro.
Ainda mais no caso de Heath, que tinha um talento imenso e fez um dos filmes mais incríveis e revolucionários, Brokeback Montain, que eu acho que teve uma importância imensa, e tratava de todo o preconceito extremo daa humanidade.
Deixar uma filha tão dependente do pai e uma esposa para trás. Acho que daqui a alguna dias a imprensa vai começar a mostrar mais da vida dele e aí todos vão entender que motivos levaram a esse fato.

3 comentários:

G. Coppola disse...

Essa foi para mim o fato mais triste da semana inteira, valera por todas as notícias. Ele era algo inspirador, especial, ele transa com o Jack Twist e era o Ennis Del Mar.

Vai ser triste agora rever qualquer um de seus filmes feitos. como Brokeback Mountain, Batman (em que ele é o Coringa) enfim.

Ele se foi de uma forma inusitada e estranha, mas nunca saíra de minha mente, isso eu tenho a absoluta certeza.

camisfromtheblock disse...

Morte aos 28 anos...

É... Realmente, essas "tendências suicidas" me atrem. O que faz uma pessoa tirar a própria vida?

E a gente ainda não sabe se o caso dele foi esse, mas tudo aponta que...NÃO! Vai entender...

Breve saberemos o que realmente aconteceu.
Mas é uma perda lamentável: um homem bonito, com uma carreira brilhante, uma filha linda e ao que tudo indicava, uma vida repleta de realizações. É, Holywwod que se conforme né...

E nós também!

;**

Eu, Marta disse...

Adoro esse tema...

Por acaso ainda não li esse livro mas ando com grande vontade de o fazer...é incrivel pessoas que desistem de tudo...e estranho também.

Bem falado! ;)