terça-feira, 7 de outubro de 2008

100 escovadas antes de ir para a cama

Achei um papelzinho com as letras borradas no meio dos meus livros, e logo o reconheci. E confesso que fiquei relendo várias vezes, até me sentir sufocada.. E resolvi que hoje iria vomitar todas as palavras que ficaram engasgadas.

Acho que é natural se sentir meio perdida depois de uma decepção do tamanho da que eu senti, mas acho que passei dos limites. Resolvi que não queria mais sentir nada por ninguém e 'me divertir', preencher uma folha quase toda.. 1, 2 burradas por noite.
E haja alcool para me fazer me sentir como se aquilo fosse certo, se aquilo fosse realmente uma diversão, para não ver que tava só me perdendo. E quando o efeito passava, eu deitava e relembrava tudo, as partes que lembrava, claro. E entendia que na verdade, eu só queria estar com uma pessoa, queria carinho ao invés de todos os prazeres que eram momentâneos, queria poder abrir os olhos e ver o rosto de uma pessoa que me fazesse me sentir daquele jeito de novo. Queria é me sentir limpa de novo, 100 escovadas quem sabe.. arrancar aquilo tudo de mim.
Me afastei de tudo o que eu pensava que iria me fazer mal, e esqueci de que na verdade, o meu maior inimigo era eu mesma. Eu perdi o meu próprio respeito, e todas aquelas idéias que tinha antes se perderam nos braços de várias pessoas.
Ainda tem coisas que doem tanto, mas tanto... coisas que eu tenho que guardar pra mim, coisas que eu sei que são erradas, mas que não são controláveis, ou são, e agora explodiram. não tenho certeza de nada, só tenho certeza daquilo que senti ao tocar em alguém que não via a muito tempo.
Só tenho certeza de que o tempo parou por um minuto nessa hora, e eu perdi a noção de tudo. Tudo saiu do meu controle a muito tempo. Me sentia diferente mas não sabia do que se tratava. as vezes era a solidão que eu sentia, a carência.. mas era algo a mais. Era um nózinho na minha garganta, uma voz que gritava um nome, e em seguida outro, e depois outro.. queria que as coisas fossem simples ao menos uma vez.

Acho que é melhor eu passar um tempo SOZINHA, sem nenhuma diversãozinha, até eu me conhecer e saber o que quero, ou melhor, esquecer do que quero.

2 comentários:

lê B. disse...

"Todo dia de manhã é nostalgia das besteiras que fizemos ontem"

A gente só descobre o que realmente quer e o que realmente é bom depois de provar tudo o que nos é oferecido, talvez isso seja a maturidade chegando, também tô tentando descobrir ;)
Lembra do Léo? Uma vez ele me disse algo do tipo "você nunca se fode por causa de alguém, só por culpa sua". E nunca, NUNCA pense que isso é um erro, porque o maior conflito que a gente pode ter é o interno, contra nós mesmos, onde a gente tem que parar e realmente olhar pra dentro e pode ter certeza que dor como essa não existe igual, não tem nada pior do que rever todos os nossos conceitos e julgá-los como certos ou errados... reconhecer nossos erros, reconhecer que aquilo que a gente gosta e se apega de uma forma totalmente absurda é errado e nos faz mal sem nem a gente se dar conta.
Sabe, SEMPRE tem algo a mais, alguma coisa que a gente desconhece totalmente, que sente mas não sabe explicar, mas você não precisa guardar isso aí dentro, lembra que você SEMPRE vai ter pra onde "correr", pra quem desabafar, pra quem chorar...

Às vezes é necessário mesmo parar por um tempo e avaliar tudo... tudo e todos...
Só não esquece que eu vô tá sempre aqui, sempre que você quiser e precisar :)

Eu te amo muito, bichinho! De verdade mesmo! ♥

ednalvadodo disse...

Oi Linda,

Só li este post agora.

O que está acontecendo com vc é "tudo ao mesmo tempo agora". Os hormônios estão a flor da pele, as novidades estão "faster", os Homens fofos se transformam em FDP em uma velocidade Impressionante... rsrsrs.

É ótimo vc ter a noção de certo e errado e melhor ainda vc ter o dissernimento de saber que às vezes exageramos (por carência, vaidade, orgulho, enfim, por uma infinidade de sentimentos juntos) e que quando chega essa hora, temos sim, que respirar, pensar no que fez mal, parar e continuar de um ponto que não nos machuque.

Não temos que usar cocaína pra descobrir se ficaremos ou não viciados. Pra que da sopa para o azar? E se gostarmos? Isso serve para tudo na vida. Temos que usar o bom senso, só que não para os outros, mas para nos preservarmos e não ficarmos com a sensação de "Caraca que Merda que eu fiz comigo"

Na maioria das vezes sabemos que está errado e continuamos (como eu com o P), mas pagamos o preço. Essa é a hora que temos que aprender com o erro (nesse caso que citei é: Não se envolver com um cara que tem namorada é FURADA... rsrsrs).

Princesa vc ainda vai fazer muita coisa impensada e depois se culpar, mas acredite TODO MUNDO (por mais certinho que seja) passa por esses conflitos, só quero que não se esqueça que estou aqui pra te acalmar e aconselhar depois de qualquer "burrada" que vc fizer.

NUNCA vou te julgar, é claro que me preocupo, mas não com o que vão falar de vc, mas com o que VC pensa sobre si.

Confesso que é assustador te ver uma Mulher, mas é lindo ao mesmo tempo e Agradeço a Deus todos os dias da minha vida por ter vc ao meu lado e por participar de perto de todo seu crescimento.

Sinto MUITO ORGULHO da Mulher que vc está se tornando.


I Love You So Much My Princess!!!


:****


Beijos!!!